Histórias

6 Tradições de Carnaval em Todo o Mundo

Carnaval é uma razão para celebrar!

Geralmente dura vários dias ou até semanas e é uma celebração muito popular entre a população local, cheia de história e cultura.

Especula-se que a origem do carnaval foi a cerca de 5000 anos atrás com os egípcios, outros especulam que foram os gregos. Pode ser considerado como um ritual de passagem do inverno para o verão, uma celebração de fertilidade, a primeira festa do ano novo.

Cada Carnaval é infundido com elementos da cultura local. Durante o dia e a noite, as pessoas nas ruas ouvem música, dançam, comem e bebem.

Todos os anos, ao longo da história, em cada país, as pessoas celebram o Carnaval à sua maneira e algumas delas se destacam. Curioso para saber?

Continuem a ler.

 

Portugal

O Carnaval em Portugal é comemorado em todas as cidades, com música, comida e, claro, fantasias extravagantes. Todos participam, de crianças a avós.

Há uma mistura das mais diversas culturas e expressões tradicionais, as mais conhecidas estão em:

Carnaval de Torres Vedras, Lisboa

O carnaval de Torres Vedras continua com forte componente tradicional, figuras típicas vestidas com grandes cabeças esculpidas e figuras gigantes. Os Reis do Carnaval, ambos do sexo masculino, são normalmente personalidades da região. Os dois reis são acompanhados por uma corte de ministros caricaturais e “Matrafonas” (homens vestidos de mulheres).

 

Carnaval de Macedo de Cavaleiros, Bragança

É um dos eventos tradicionais mais importantes do norte de Portugal. A forte participação da comunidade local que há séculos preserva esta tradição foram fatores cruciais para que a UNESCO classificasse o Carnaval de Macedo de Cavaleiros como Património Imaterial da Humanidade.

No Carnaval, as figuras “diabólicas” dos Caretos – homens de máscaras e fantasias com franjas coloridas e chocalhos. Andam pelas ruas a fazer muito barulho para perturbar o sossego habitual da aldeia. Originalmente os Caretos estavam ligados à figura do “diabo à solta” e representavam os excessos, a euforia e a alegria nesta época do ano.

 

Carnaval do Funchal, Madeira
O carnaval da Madeira é conhecido como um dos melhores da Europa. Tradicionalmente, existem dois principais desfiles de carnaval na Madeira, que são muito diferentes entre si.
O desfile alegórico com grupos de samba, milhares de participantes em trajes magníficos e coloridos, dançam samba pelas ruas do Funchal, espalhando um ambiente ao invocar o Carnaval carioca.

O segundo desfile, chamado de "trapalhão", todos podem fazer parte e as fantasias e caricaturas ficam por conta da imaginação dos participantes.

 

Carnaval de Ovar, Aveiro

Considerado como o melhor carnaval do país, acontecem eventos programados durante um mês.

Ao contrário do que é habitual nos carnavais de outras cidades, onde são convidadas personalidades famosas para representar o evento, o “Rei” e a “Rainha” do Carnaval de Ovar são sempre pessoas da cidade.

Os principais eventos estão programados da seguinte forma:

Abertura oficial; Apresentação do Rei do Carnaval; Carnaval infantil; Concertos de cantores; Desfile da população em geral; Desfile das escolas de samba; Desfiles de grupos carnavalescos; Noite mágica; Desfile noturno.

 

Espanha

De todas as festas loucas espanholas que acontecem ao longo do ano, não há nada mais selvagem do que as celebrações do Carnaval, que geralmente acontecem no final de fevereiro.

O carnaval na Espanha é comemorado em todo o país, contudo as festividades mais barulhentas são nas Ilhas Canárias, Cádiz e Sitges. Embora cada cidade tenha seu próprio sabor único de celebração, todas elas têm a devoção de se divertir. Nesses principais destinos durante o Carnaval, parece que ninguém dorme enquanto a bebida e a dança vão do anoitecer ao amanhecer. Verão fantasias extravagantes e pessoas com máscaras em todos os lugares e, em qualquer um dos carnavais de Espanha, vão se divertir muito mais a participar mascarados do que apenas assistir.

As fantasias usadas na terça-feira de carnaval geralmente incluem conjuntos de biquíni brilhantes feitos com joias, penas e miçangas que combinam com o tema de cada banda de carnaval. Cada grupo de mascarados compete para conquistar os juízes para o título de Banda do Ano e outras designações.

 

Rio de Janeiro, Brasil

Atrai milhões de pessoas, o Carnaval do Rio de Janeiro é o maior de todos os festivais do mundo.

Em dezembro, a cidade já fica movimentada com “ensaios de rua”, que levam milhares de pessoas ao Sambódromo, todos os fins de semana. Os desfiles oficiais são realizados durante uma data oficial de carnaval.

E o conhecido samba, em que tantas pessoas sonham em saber sambar – a dança brasileira, por excelência, seduz com os seus ritmos contagiantes e movimentos quentes.

No livro, O Mistério do Samba, John Charles Chasteen resumiu a conexão integral entre o samba e o maior caráter nacional.

“Para quem está de fora, o samba e o carnaval parecem mostrar a herança africana do Brasil. Desde a década de 1930, os brasileiros, em geral, adotaram com entusiasmo a noção de que a mistura racial e cultural define a identidade nacional única. O samba é a grande metáfora da mistura.”

Nova Orleans, Estados Unidos

Nova Orleans, Louisiana, é a capital do Carnaval dos Estados Unidos pelo seu popular e deslumbrante Mardi Gras. O Mardi Gras – também conhecido como Terça-Feira Gorda ou Carnaval – é um prelúdio depravado para a Quaresma, um jejum religioso de seis semanas feito antes da Páscoa.

 As tradições do Mardi Gras incluem grandes bailes, desfiles com carros alegóricos elaborados e, é claro, espetadores a vestir as cores oficiais do Mardi Gras, roxo, dourado e verde, com miçangas.

 

Veneza, Itália

Em Veneza, os trajes são uma reminiscência do que era usado por nobres e mulheres do século 18 – trajes completos, capas e as icônicas máscaras venezianas, como luxo decorado com folha de ouro e pintado à mão, usando penas naturais e pedras preciosas para decorar. Atrás da máscara, todos podiam ser qualquer um e todos mantinham o igual respeito.

As festividades incluem galas e bailes privados, desfiles de barcos ao longo do Grande Canal e competições.

Não se pode vir ao Carnaval de Veneza e não provar os doces tradicionais. Assim como o Carneval, Frittella, Galani e Favette.

 

Colônia, Alemanha

O Carnaval da Colônia é conhecido como a festa mais louca da Alemanha, trazendo todos os anos, pessoas de todo o mundo para a cidade. Mas o festival está enraizado na época medieval e em costumes e tradições mais significativas. O principal condutor das festividades e encarnação do espírito carnavalesco é o chamado Dreigestirn, um trio de homens vestidos de príncipe, camponês e donzela. Cobertos com trajes pomposos em vermelho e branco.

Ao longo dos anos, grupos, organizações e conjuntos musicais uniram-se e formaram os eventos que as pessoas ainda frequentam todos os anos. Convidam cantores, comediantes, grupos de dança e satiristas para o palco.

 

Bom Carnaval e tenham um dia colorido!

Comments

There are no comments yet.

Leave a Reply